Close sidebar
Sair do conteúdo
estratégias de marketing digital
Categories:

ESTRATÉGIAS DE MARKETING DIGITAL UTILIZANDO O GOOGLE ADS NO INBOUND MARKETING

As estratégias de marketing digital precisam nascer de dentro para fora, para garantir sucesso na aplicação do Inbound Marketing,

Isso quer dizer que é preciso convidar os colaboradores da equipe de marketing e vendas para o processo de criação de conteúdo. 

Além disso, é preciso manter o foco no fato de que toda estratégia de marketing digital deve ser trabalhada para converter leads que deverão se tornar vendas, concorda?

Então, se você quer saber como utilizar as estratégias de marketing digital, com o Google Ads no Inbound Marketing, continue lendo que iremos te explicar!

Como integrar ações do Inbound Marketing e Google Ads nas estratégias

Ao pensar na integração entre as ações do Inbound Marketing e Google Ads, logo vem a mente que é preciso de muito investimento. 

No entanto, somente o investimento não garante o sucesso de nenhum anúncio, pelo contrário, é preciso ter planejamento + investimento + conteúdo + boa página = conversão de leads. 

Nesse sentido, o Inbound Marketing atua nas estratégias de Google Ads pensando nas palavras-chave que levarão os usuários para as etapas de topo e meio de funil, de forma muito eficiente, pois as etapas de atração e conversão são facilmente metrificadas nas ferramentas de publicidade do Google.

Também é preciso fazer com que os clientes em potencial encontrem mais rapidamente o seu conteúdo, por isso as estratégias de marketing de conteúdo do Inbound Marketing e a publicidade do Google Ads devem se unir. 

Com isso, haverá possibilidade para a geração de leads de diversas formas, o que contribui para que os resultados finais sejam positivos. 

Como olhar para o funil e aplicar as estratégias de marketing digital corretas?

É comum haver dúvidas de qual conteúdo trabalhar e, em qual etapa do funil deve se usar os diferentes canais de publicidade do Google. 

Por isso desenhamos o funil de Marketing, Vendas e Pós Vendas para mostrar em quais etapas o Google Ads pode ser melhor utilizado. 

Ps. Vale lembrar que existirá sempre uma exceção, ok?

estratégias de marketing digital

Descubra 10 estratégias de marketing digital para alavancar seu Inbound

A seguir, nós te mostraremos 10 estratégias de marketing digital que sua equipe pode utilizar para gerar mais leads para o seu negócio.

1. E-book 

O e-book é um dos melhores e mais clássicos métodos para a conversão de leads, além de ser muito utilizado por empresas bem sucedidas.

A ideia do e-book é trazer um conteúdo de valor, mais aprofundado e com maior nível de abordagens para o seu cliente em potencial. 

Geralmente, esse tipo de material seria inviável para um blog post por exemplo, por se tratar de algo mais complexo e que exige um texto mais longo. 

No entanto, no Inbound Marketing essa ideia não é desperdiçada, então é possível utilizar o e-book como uma das estratégias de marketing digital para gerar leads. 

Além disso, uma ótima estratégia para produzir esse material é quebrar o conteúdo em diversos posts pequenos, para depois uni-los em um material completo. 

Outra opção interessante é o co-marketing, que significa que o e-book será feito juntamente com outra empresa, tornando o conteúdo ainda mais rico e aprofundado.

DICA: Já pensou em patrocinar no Google Search a palavra-chave deste ebook para visitantes com um perfil mais bem definido, de acordo com o seu planejamento?

2. Webinar 

O Webinar também é outro formato para gerar leads em estratégias de marketing digital muito utilizado, e que de fato apresenta bons resultados. 

A proposta deste tipo de estratégia é se aproximar ainda mais dos potenciais clientes, por meio do uso da voz e imagem, que criam uma relação mais pessoal. 

Além disso, essa é uma opção que envolve baixo investimento, uma vez que para produzir um Webinar é preciso apenas de um computador, webcam e microfone. 

Também é muito válido destacar que o webinar nem sempre precisa ser ao vivo, ele também pode ser gravado e pode manter a geração de leads por mais tempo.

No entanto, em uma transmissão ao vivo, os participantes podem interagir com o público, tirar dúvidas e criar uma conexão maior. 

A escolha do formato do webinar irá depender de inúmeros fatores, que são individuais para cada tipo de negócio, veja o que mais faz sentido para sua persona.

DICA: Já pensou em patrocinar no próprio canal do Youtube a divulgação do seu webinar para quem já consome conteúdo lá?

3. Template 

O template é um modelo, que seus leads poderão utilizar em qualquer contexto, eles podem ser feitos em qualquer área e praticamente para qualquer coisa. 

Por exemplo, é possível criar um template de planilha, apresentação, calendário e até mesmo checklist. 

A definição do que será ofertado como template também irá variar muito, de acordo com o que sua empresa trabalha. 

Mas, em geral, os templates são uma ótima forma de gerar leads de qualidade, isso porque ele leva o visitante para a parte prática. 

É preciso destacar que, para levar a pessoa para a parte prática, é preciso que o template acompanhe um conteúdo instrucional, ou seja, autoexplicativo. 

Além disso, é preciso pensar também nas dúvidas e necessidades do seu potencial cliente ao utilizar o template. 

Não deixe nada passar em branco para que essa estratégia de marketing digital possa ser um sucesso na empresa.

4. Quiz 

O Quiz é um formato que é muito bom para o Inbound Marketing, pois aumenta o engajamento com os potenciais clientes. 

Para sua criação é necessário contar com uma boa ferramenta, para que a formatação seja interessante, além de investir em um conteúdo que entregue valor no final. 

Um ponto muito interessante do quiz em estratégias de marketing digital no Inbound Marketing, é que ele se torna viral. 

Com isso, mais pessoas podem ser atraídas para o seu quiz e mais leads é possível conseguir com essa estratégia de marketing digital.

5. Pesquisa 

Outra opção, nas estratégias de marketing digital, que funcionam para o Inbound Marketing é a pesquisa. 

O objetivo da pesquisa é bem semelhante a um e-book, que é levar um conteúdo um pouco mais completo e com muito valor para o usuário. 

Em geral, as pesquisas e estudos sempre foram vistas em revistas e outros meios, que não são capazes de atingir um alto número de pessoas. 

Por isso, pensando em explorar ainda mais o potencial desse tipo de conteúdo, que a pesquisa passou a ser utilizada em estratégias de marketing digital

Qualquer instituição consegue realizar uma pesquisa e disponibilizá-la para a geração de leads.

É muito válido destacar que é fundamental que a pesquisa envolva um assunto que os leads terão interesse. 

6. Infográfico 

O infográfico também é uma forma de gerar valor para os clientes em potencial e atraí-los para a empresa. 

Esse tipo de material é basicamente uma representação visual de um conteúdo, associada a um texto e imagem, o que faz com que ele seja dinâmico.

A sua produção pode parecer algo bem completo, no entanto não é bem assim. É preciso apenas que toda equipe de marketing esteja alinhada.

Dessa forma, é preciso pensar no design e nas informações que serão levadas em textos e imagens. O infográfico deve fazer sentido como um todo.

O infográfico pode ser utilizado de duas formas, a primeira sendo disponibilizado no blog, com um código para outros blogs compartilharem e gerarem backlinks

No entanto, como estamos focando em gerar leads, esse conteúdo pode ser entregue após o fornecimento de informações de contato do usuário.

7. Trilhas de conteúdo

As trilhas de conteúdo buscam trazer muita informação, mas não de uma vez só, como em um e-book. 

A ideia desse tipo de material é concentrar diversos conteúdos em uma Landing Page, no entanto esse conteúdo pode estar dividido em pequenas partes. 

Essas trilhas podem ser realizadas com vídeos, cursos por e-mail e até mesmo podcasts, dependendo do que será entregue.

A série de vídeos já existe há um bom tempo e traz muitos resultados, essencialmente quando se trata da conversão de leads. 

Pensando assim, no Inbound Marketing é interessante criar uma trilha com esses vídeos, levando um material completo e muito rico para os visitantes. 

A segunda melhor opção é o curso por e-mail. Nesse formato, os leads recebem o conteúdo em ordem, o que auxilia no estudo. 

O mais importante ao criar uma trilha com curso por e-mail, é planejar uma sequência que faça sentido e criar um fluxo de automação de e-mail marketing para garantir a entrega. 

8. Ferramentas

As ferramentas, embora sejam muito semelhantes aos templates, possuem um valor e uma utilidade ainda maior. 

Esse tipo de material pode levar uma solução para o dia a dia do lead, bem como ser parte da sua solução, como algo inovador.

Por exemplo, é possível criar um material que seja apenas uma amostra do produto/serviço da empresa, o que não gera apenas um lead, mas provavelmente um cliente. 

A ferramenta a ser ofertada depende muito do nicho e da persona que a empresa busca atingir, o seu objetivo é pegar a dor do usuário e transformar em algo prático. 

Além disso, é muito importante destacar que por se tratar de um material mais complexo, que envolve um programador, sua ferramenta pode ser um grande diferencial no mercado.

Dessa forma, foque em como resolver uma dor do cliente e ainda levá-lo para seu produto final, deixando um gostinho de “quero mais”.

9. Kits

Os kits também são muito valiosos em estratégias de marketing digital e apresentam bons resultados em relação a conversão de leads. 

Para criar um kit é possível seguir diversos caminhos, há uma infinidade de possibilidades dentro desse material, mas iremos focar em duas. 

A primeira é uma coletânea de materiais diferentes sobre um mesmo assunto, que pode incluir textos, infográficos, e-books e podcasts, por exemplo. 

A segunda opção, é oferecer dois materiais diferentes sobre um assunto, que pode ser um e-book e vídeos curtos, ou um webinar com um curso por e-mail.

A escolha do tema e o formato do kit faz toda diferença para que haja conversão de leads, por isso pense em primeiro lugar em sua persona.

10. Whitepaper na estratégia de marketing digital

Por fim, está o whitepaper, que é um formato pouco utilizado nas estratégias de marketing digital, mas que pode trazer resultados. 

Esse é um material com mais conteúdo, mas que não é grande o suficiente para se tornar um e-book.

Um ponto interessante é que trabalhar com o whitepaper com o Google Ads é a maneira mais rápida de aumentar a conversão de leads.

Além disso, com o tempo, os conteúdos de whitepapers podem ser transformados em e-books mais ricos e completos.

Agora que você já sabe como pode utilizar essas estratégias de marketing digital para gerar leads, essencialmente com apoio do Google Ads, temos certeza de que seus resultados serão diferentes!

No entanto, ainda é preciso destacar que a melhor forma para alavancar as estratégias de marketing digital é convidar todos os colaboradores do time. 

Com base na definição das tarefas, todos poderão trazer conhecimento e ideia das suas áreas para o desenvolvimento do conteúdo.
Quer saber mais sobre as estratégias de marketing digital utilizando o Google Ads? Fale agora mesmo com um consultor! Preencha o formulário abaixo: