Blog Carratu

COMO REALIZAR O PLANEJAMENTO DE CONTEÚDO PARA REDES SOCIAIS DE EMPRESAS?

Chega de ficar buscando hacks ou dicas para aumentar o engajamento ou curtidas, este artigo vai te mostrar a realidade de como realizar o planejamento de conteúdo para redes sociais.

Tudo isso com um bom planejamento e nada mais.

Sabemos que o Instagram, Facebook, Linkedin e Youtube são exemplos de canais importantes no Inbound Marketing.

Mas, fazer o planejamento de conteúdo para redes sociais pode ser um grande desafio quando falamos em B2B, pois a mentalidade do profissional de marketing é achar dicas ou soluções milagrosas para melhorar suas redes sociais.

Erros clássicos como se sentir atraído ou contemplado por métricas de vaidade como o número de curtidas de uma postagem, assim como muitos no B2C fazem, é um erro perigoso no B2B.

Digo isso, pois no final das contas, o aumento de curtidas realmente representa um aumento de vendas ou simplesmente uma melhora digital de presença de marca? 

E esse raciocínio também vale para o planejamento do conteúdo, que no B2B deve ser avaliado a cada 3 meses. As redes sociais não devem ser gerenciadas conforme uma demanda diária. 

É claro que é importante estar atento às tendências e fazer alterações quando necessário, considerando o que está em alta no momento.

Porém, o planejamento do conteúdo é essencial para uma estratégia assertiva e vamos explicar isso melhor ao longo deste texto com técnicas de Inbound Marketing. 

A importância do planejamento

Primeiramente, planejar a produção de conteúdo das postagens facilita o trabalho da sua equipe. Isso permite que ela tenha tempo de elaborar os conteúdos e se organizar conforme o calendário. 

É comum empresas aproveitarem datas importantes como feriados, por exemplo, para fazerem postagens que tenham a ver com o momento presente.

Além disso, planejar o conteúdo também melhora a qualidade dele e torna as suas redes sociais mais relevantes para a sua persona. 

Ainda vale ressaltar que o próprio algoritmo do Instagram e de outras redes sociais leva em consideração fatores como frequência de postagem.

Tudo isso pode ser mais bem organizado quando você faz um planejamento de conteúdo para redes sociais.

Outro ponto importante de ressaltar é que a sua equipe deve fazer uma programação de acordo com os seus objetivos e metas.

Através do planejamento, ela pode criar estratégias que visem atingir esses objetivos.

É muito mais difícil fazer isso quando não há uma programação clara e as pessoas fazem postagens diariamente, conforme acharem melhor.

Imagine que o seu negócio esteja querendo aumentar a autoridade dele no mercado, por exemplo.

Nesse caso, vale a pena focar nas postagens em criações informativas e que gerem valor aos leads.

Já se o seu foco for vender, você pode fazer textos mais diretos, com gatilhos mentais que atraiam o público.

Entender exatamente onde se quer chegar é essencial para criar esse planejamento e para que a sua equipe saiba os impactos do trabalho dela.

Melhores redes sociais para cada tipo de negócio

Essa é uma dúvida muito comum, principalmente porque existem diversas redes sociais no mercado e você pode ficar em dúvida de qual focar para o seu negócio.

Primeiramente, saiba que isso varia para os mercados B2B e B2C.

Se você conversa diretamente com o consumidor final, então Instagram, Facebook, Twitter, Tiktok e Youtube são boas opções.

Leia também:  MARKETING PARA ADVOGADOS, É POSSÍVEL? SAIBA COMO FAZER!

Basta pensar em você mesmo como comprador.

É nessas redes que você encontra a maioria dos produtos e serviços, e não no LinkedIn, por exemplo.

O Instagram tem até um espaço de loja virtual, perfeito para o mercado B2C.

Já o Tiktok é a rede social em expansão na atualidade e bastante utilizada por jovens.

Por isso, ela não é indicada para falar com empresas, mas tem um alto alcance e resultado quando você quer atingir o consumidor final.

Porém, negócios B2B performam melhor investindo em Youtube, LinkedIn e Twitter.

Nessas redes sociais, empresas interagem mais entre si.

É muito comum, por exemplo, viralizar no Twitter conversas em que uma empresa responde a outra, geralmente, de maneira cômica e inteligente.

Da mesma forma, o LinkedIn é uma ótima plataforma para negociar.

Os usuários da rede conseguem mostrar por postagens escritas, vídeos e até artigos, suas ideias ou pensamentos sobre assuntos que podem ser vistos por empresas que irão avaliar em criar um relacionamento profissional com o que você posta.

Por isso, o LinkedIn funciona tão bem para o B2B, além de ser um grande campo de mineração de oportunidades.

Já o Youtube, se tornou nos últimos anos uma das redes sociais mais importantes do mundo.

Conseguimos encontrar praticamente qualquer coisa por lá e, atualmente, ele está entre os principais buscadores, junto com o Google.

É uma rede social perfeita para se criar conteúdos ricos, onde você mostre o seu potencial e como suas soluções podem ajudar empresas a resolverem problemas do dia a dia.

Por isso, faz sentido criar um canal voltado ao seu público, gerando conteúdo original e de qualidade para ele.

Como realizar o planejamento de conteúdo para redes sociais?

Como já comentamos, você precisa ter claro qual é o objetivo e metas da empresa, além de uma definição de persona.

A partir disso, pode-se criar um planejamento de conteúdo para redes sociais baseado em quarters.

Ou seja, esse é um plano feito a cada 3 meses para suprir a necessidade anual do negócio.

Vamos pensar em um exemplo prático para explicar melhor. 

Imagine uma empresa de tecnologia que oferece uma solução de software, mas ainda é pouco conhecida no mercado onde ela atua.

A gerente de marketing do negócio definiu que o objetivo das redes sociais é conquistar novos clientes com interesse em um único aspecto da solução.

Assim, ela definiu que o primeiro quarter seria destinado a criar conteúdos explicando o que o software deles faz,.

Sempre usando como base textos já produzidos no blog, para que ao final de cada postagem, seja oferecido um link na bio para acessarem o site e poderem ler o conteúdo na íntegra.

O objetivo é educar o público que ainda não sabe que existe uma solução para o problema dele, no dia a dia da empresa.

Já nos próximos quarters, essa estratégia deve ser mesclada com um processo de vendas depois de ter criado bastante atração da rede social para o blog, mostrando como o software soluciona problemas.

Quando falamos em anúncio pago nesse exemplo, a gerente investiu em conquistar novos seguidores, do público definido por eles e com foco em algumas regiões que têm mais empresas com o problema que eles resolvem. 

Como planejar posts?

Após traçar seu objetivo e estratégias, você deve planejar os posts.

Você pode montar um calendário mensal com 12 postagens, por exemplo.

Assim, o seu analista de conteúdo cria tudo de uma vez.

Leia também:  COMO FAZER UMA POSTAGEM NO WORDPRESS DE FORMA SIMPLES E RÁPIDA

Isso facilita organizar um calendário, definindo quais publicações devem vir primeiro e quais assuntos são relacionados, por exemplo.

Além disso, recomendamos verificar datas importantes no período que podem ser aproveitadas para um conteúdo.

Aqui devem ser avaliadas datas comerciais como, por exemplo, a Black Friday.

Quando você planeja um post, é importante decidir o formato dele.

Ou seja, será uma tela única, stories, um reels, um carrossel ou todos?

Cada tipo de conteúdo atende melhor um objetivo.

Vídeos costumam viralizar mais e alcançar mais pessoas.

Já o carrossel é perfeito para conteúdos informativos, em que cada tela conta uma história.

Ele também serve para postagens de lista, como “8 motivos para contratar meu serviço”.

Quando falamos em Linkedin, você ainda tem a opção de criar artigos, podendo fazer um conteúdo bem completo sobre um assunto, gerando autoridade para a sua marca.

Você pode pensar que isso não funciona para o Youtube ou TikTok, por exemplo.

Mas, vale a pena intercalar vídeos mais longos e curtos e com abordagens diferentes para conquistar mais pessoas e divulgar um conteúdo mais diverso.

Uma coisa importante é não esquecer de incluir no seu planejamento as Hashtags #.

Sim, elas ajudam as suas postagens a chegarem a novos públicos quando escolhidas pela sua relevância e amplitude de uso. 

Saiba mais sobre # em um super artigo que escrevemos aqui. 

O que são métricas de vaidade e como não cair nelas?

As métricas de vaidade são aquelas que fazem a gente se sentir bem, mas nos levam a acreditar erroneamente que a estratégia das nossas redes está dando certo.

Se o seu objetivo no Instagram é vender, por exemplo, então não vale a pena analisar o número de curtidas de uma publicação de forma tão prioritária.

Em vez disso, seria mais interessante observar o número de cliques da rede social para o site e a conversão destes cliques em vendas.

Já em casos que você busca se aproximar dos clientes e melhorar a presença digital da marca, pode ser interessante avaliar compartilhamentos, comentários e salvamentos, por exemplo.

Ou seja, saiba exatamente quais métricas fazem a diferença para você atingir os seus objetivos e tenha cuidado para não perder o foco analisando números que não mostram a realidade do seu negócio.

Além disso, lembre-se de que seguidores não significam vendas.

Ou seja, não adianta ter um alto número de seguidores se eles não geram conversão ou nem interagem com o seu conteúdo, por exemplo.

Melhores ferramentas de planejamento de pauta

Existem várias ferramentas muito úteis para o planejamento de conteúdo para redes sociais.

Nós recomendamos a mLabs, porque ela é completa e supre bem as necessidades da maioria dos negócios.

mLabs

Primeiramente, ela não é apenas uma ferramenta de planejamento, mas também fornece gráficos e informações que permitem a você analisar o sucesso da sua estratégia e quais formatos de post geram melhores resultados.

Essa plataforma ainda mostra um perfil dos seus seguidores.

Com isso, você pode pensar em conteúdos mais direcionados a eles.

Ela ainda mostra o horário e dia da semana exatos em que você tem mais engajamento e até o percentual de interação com o seu conteúdo nesta data.

O plano profissional da mLabs oferece muitas vantagens para quem usa as redes sociais no trabalho.

Primeiramente, você consegue agendar posts de forma customizada.

Isso serve tanto para Instagram quanto para outras redes grandes como Pinterest, Facebook, Youtube, LinkedIn e Twitter.

Além disso, você também tem acesso a ferramentas que te ajudam a criar posts de forma integrada com o Canva.

Leia também:  ESTRATÉGIA DE MARKETING DE CONTEÚDO, COMO CRIAR A SUA

Ela ainda oferece um SAC Social para responder mensagens do Facebook e uma automatização de resposta de comentários tanto para o Instagram quanto para o Facebook.

Outras funcionalidades encontradas são os relatórios gerados para facilitar a sua análise, as ideias sugeridas para otimização dos seus posts, o calendário de publicações e o monitoramento de concorrentes.

Mas, ainda existem outras vantagens e vale a pena você verificar para checar se a mLabs é a melhor ferramenta para você.

Buffer

A Buffer também se destaca como uma ótima ferramenta de gestão de redes sociais.

Ela permite que uma mesma publicação seja postada em várias redes ao mesmo tempo.

Isso é ótimo para quem quer integrar as suas redes e não possui uma estratégia diferenciada para cada canal.

Além disso, a Buffer também tem um mecanismo que consegue identificar os comentários mais importantes, para que você responda os de maior relevância ao seu negócio.

Ela ainda tem uma interessante possibilidade de relatórios para ajudar você a analisar os seus dados.

Social Flow

Trouxemos a Social Flow nessa lista porque ela é uma excelente ferramenta de conversão.

Ou seja, ela ajuda a transformar postagens em vendas e pode ser ideal para você se esse for o seu objetivo.

Além disso, ela gera relatórios gerenciais baseados em todas as redes sociais vinculadas a ela.

E você pode até baixar gráficos e dados que relacionam as redes e mostram os conteúdos de melhor resultado.

A Social Flow ainda tem um gerenciador de audiência e mostra qual é o público mais engajado com você e mais propenso a realizar uma compra.

Em resumo, essa ferramenta possui propriedades que englobam desde a publicação automática dos posts até a escolha dos conteúdos mais importantes para serem patrocinados. Tudo isso de olho no ROI – Retorno Sobre o Investimento.

Gratuidade da mLabs

Como comentamos no tópico anterior, a mLabs é a nossa plataforma preferida dentre as anteriores.

Ela tem um plano básico e outro profissional.

Além disso, você consegue aproveitar uma gratuidade para usufruir dos seus benefícios e decidir, assim, se quer investir nessa plataforma.

Diante disso, temos um cupom de gratuidade para você usar a mLabs por 30 dias.

Saiba mais no link abaixo e comece a planejar melhor o conteúdo das suas redes sociais.

cupom mlabs

Caso você utilize o programa e não se identifique com ele, pode testar as outras ferramentas que citamos nesse artigo, ou alguma alternativa que tenha mais sincronia com o seu negócio.

O mais importante é não deixar o planejamento das suas redes solto e desorganizado.

Conclusão

Redes sociais são trabalhosas e fazer um planejamento de conteúdo organizado e baseado em estratégias demanda bastante trabalho, por isso cuidado ao entregar esta tarefa na mão de qualquer um.

Porém, isso é essencial para que o conteúdo produzido busque atingir os objetivos e metas do negócio.

Assim, vale a pena você montar um plano a cada quarter e produzir as publicações mensalmente, de acordo com a estratégia do negócio e com o que está em alta no momento.

Você pode contar com algumas ferramentas para ajudar você a organizar as suas publicações e saber como analisá-las. 

Nós recomendamos a mLabs para você criar um calendário editorial, programar os seus posts sem precisar fazer uma publicação na hora, responder comentários de forma otimizada e ainda acessar relatórios que ajudem a identificar os formatos de posts com maior engajamento.

Tudo isso faz a diferença entre uma rede social de sucesso e outra que deixa oportunidades passarem e fica sempre procurando dicas, sem ter consistência no conteúdo.

Foto de carratu

carratu

20 anos de experiência em Marketing Digital, totalmente dedicado a guiar empresas de médio e grande porte para o melhor resultado de Vendas com o apoio do Inbound Marketing e o Google Ads.Quer saber quem faz a diferença no Nordeste, pesquise no Google.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Não encontrou o que busca?