A página da sua empresa está gerando engajamento no Facebook? Essa é a pergunta que vai validar as suas estratégias de marketing na rede social mais popular do mundo. Afinal, o objetivo principal de ter um perfil corporativo nesse ambiente é a criação de um vínculo forte com o público.

Neste post, você vai aprender técnicas eficientes para incentivar clientes e potenciais consumidores a interagirem com a sua marca no Facebook. Além disso, vai entender de uma vez por todas como essa rede social funciona, suas peculiaridades e estatísticas. Acompanhe!

Uma empresa precisa realmente estar no Facebook?

Ao perceberem os desafios desta rede social, diversas marcas decidem abandonar a empreitada e, muitas vezes, alegam a falta de resultados como o motivo principal da desistência. Entretanto, com planejamento e apoio profissional, é possível aumentar a visibilidade e trazer novos clientes para o seu negócio com o uso da sua página no Facebook.

Criado em 2004, o Facebook é a plataforma social mais popular da internet e conta com mais de 2 bilhões de usuários ativos mundo afora. No Brasil, são 117 milhões de contas criadas, o que representa uma grande parcela da população em um país de 200 milhões de habitantes.

E as empresas nessa história? Elas perceberam a necessidade de estar junto ao seu público. Por isso, a rede conta com 60 milhões de perfis corporativos e 4 milhões de anunciantes ativos.

Com esses números fica fácil entender a atratividade desta plataforma: o público-alvo do seu produto ou serviço provavelmente está lá e, para alcançá-lo, precisa entender como o Facebook maneja o alto volume de informações compartilhadas.

Como funciona o feed de notícias do Facebook?

O feed de Notícias — também chamado de newsfeed — é o local no Facebook onde as postagens de amigos e fanpages são mostradas para um certo usuário. Dessa forma, ele pode acompanhar as atualizações e compartilhamentos dos seus contatos.

Agora, imagine o que acontece quando uma pessoa tem 5 mil amigos — o limite máximo da rede. É viável que ela acompanhe todas as fotos, textos, vídeos e links compartilhados por tantas pessoas?

Para ajudar com essa problemática, o Facebook criou e atualiza constantemente um algoritmo que faz uma seleção do que vai aparecer no feed de cada usuário. Assim, uma parte é preterida enquanto outra ganha destaque.

Qual é a lógica do algoritmo do Facebook?

A premissa é de que as pessoas vão ficar mais tempo conectadas se o conteúdo oferecido a elas for relevante. Dessa forma, Zuckerberg e sua equipe criaram uma programação para determinar o que os usuários da rede vão ver.

De forma resumida, é possível dizer que o Facebook prioriza a exibição de postagens de pessoas e empresas que o usuário interage com maior frequência — seja via Messenger, reações, cliques, comentários e também compartilhamentos.

Além disso, é importante notar que a família e amigos recebem pontos a mais no quesito relevância. Fato esse que — entre outras coisas — resulta na dificuldade que páginas de negócios encontram em conseguir maiores índices de engajamento no Facebook.

Como melhorar o engajamento no Facebook?

Se você tirar um tempo para visitar algumas linhas do tempo de empresas na rede, vai notar diversas publicações sem reações, comentários ou compartilhamentos. Isso acontece por diversos motivos, desde o baixo alcance entregue aos conteúdos de fanpages até fatores mais controláveis, como a relevância do conteúdo.

Por isso, confira 5 dicas para aumentar de uma vez  por todas os níveis de engajamento no Facebook.

1. Faça perguntas e estimule a participação do público

Essa é a forma mais direta de buscar a interação do público: convidá-lo a participar de discussões relacionadas aos assuntos que envolvem sua marca.

A resposta dos usuários pode vir nos comentários, por meio das reações como “curtir”, “amei”, “uau” e também em enquetes de múltipla escolha. O importante é trazer questões relevantes que, ao mesmo tempo, conectem o consumidor com a sua empresa e desperte a atenção e interesse dele.

2. Participe das conversas do momento

De tempos em tempos, um tema diferente domina as discussões nas redes sociais. Nesses momentos, é comum ver algumas marcas fazendo publicações contextualizadas com o acontecimento em pauta.

Assim, é importante que a equipe, agência ou pessoa responsável pela criação de conteúdo da sua página esteja antenada e tenha velocidade para fazer o chamado “post de oportunidade”.

3. Produza conteúdo em vídeos

As publicações em vídeo estão ganhando cada vez mais espaço no Facebook. As marcas que investem neste tipo de formato percebem um ganho de alcance, visibilidade e engajamento.

A dica aqui é trazer entrevistas, tutoriais e tópicos relevantes para o seu público. Lembre-se de fazer o upload do material dentro da própria plataforma, já que links de outras redes, como o YouTube, perdem um pouco no alcance.

4. Tenha consistência nas postagens

Ter uma frequência de postagens constante é um fator primordial quando o assunto é engajamento no Facebook. As redes sociais são dinâmicas e a duração de um conteúdo — caso não haja um impulsionamento financeiro — é muito baixa. Assim, é importante sempre trazer novidades para o público.

Crie uma agenda de conteúdo e, com esse hábito, você vai ter maior controle sobre o que e quando uma publicação será realizada no perfil da sua empresa no Facebook.

5. Interaja com o seu público

Uma vez que os seus clientes e seguidores começarem a reagir aos seus posts com comentários, cliques, curtidas e mensagens, é importante que você esteja pronto para responder e, assim, estabelecer um diálogo produtivo.

Mesmo quando não existe uma pergunta, muitas vezes, é possível encontrar oportunidades para interagir com o público nos comentários. É claro que é preciso ter cuidado para não ser invasivo e é necessário sempre prezar pela educação e bom humor.

Outro fator importante é a definição de quais métricas devem ser mensuradas nas ações no Facebook e isso vai depender dos objetivos a serem alçados. Se, por exemplo, a finalidade das ações é o aumento do tráfego no site, então o clique tem grande valor.

Dessa forma, reações como curtidas podem ser chamadas de “métricas de vaidade”, ou seja, aquelas sem grande peso para a estratégia em andamento.

Como você pode ver, existem diversas formas de encorajar os usuários a interagirem com a sua marca no Facebook. Isso deve ser feito com planejamento, estratégia e dedicação para criar conteúdo realmente significativo e que contribua para a imagem da sua marca.

Gostou de aprender sobre como funciona o engajamento no Facebook? Continue a leitura e veja como aumentar as vendas nas redes sociais.

Comentários