Sair do conteúdo
Marketing de Conteúdo para Jornalistas
Categories:

MARKETING DE CONTEÚDO PARA JORNALISTAS

A chegada da internet deu início a uma nova era no mundo das tecnologias: a era digital. Como tudo que é novo, a internet causou transformações, sobretudo, em profissões que lidam com o público. E é por isso que o marketing de conteúdo para jornalistas é tão importante.

É claro que o jornalismo não ficou de fora.

Dentre as transformações que a internet trouxe, estão as mudanças na interação com o público. Tendo em vista a característica global da internet, o público também se torna mais abrangente.

Mas o que os jornalistas não sabem é que, essas mudanças de direcionamento de público, acabaria com a ideia de que jornalista deve escrever para jornalista – sempre alimentado pelo ego de “escrever bem”.

Oxe, qualquer um pode “escrever bem”, num é mermo?

As redações vivem uma realidade de pressão na corrida de quem vai dar a notícia primeiro. Matérias com erros ortográficos, textos sem sentido, fake news e tantos outros, são exemplos de monstros para a profissão na atualidade.

Então, cercado por monstros, os tradicionalistas – que antes visavam o “escrever bem” – agora enfrentam na prática a mudança de público e a segmentação do mercado.

Mas não vá pensando que os jornalistas já estão totalmente livres da maldição de não saber para quem escrever. O pensamento de público de um jornalista de mercado ainda é muito amplo.

Você já parou pra pensar para quem você está escrevendo?

E é aqui que entra o Marketing Digital.

Para escrever um conteúdo de qualidade é preciso entender para quem se está escrevendo. Além disso, é preciso facilitar o entendimento dessa pessoa e resolver seus problemas.

Como já falei, os jornalistas sentem muita dificuldade em estabelecer um público. Ou seja, eles acabam não conhecendo a pessoa com quem tem conversado.
Não conhecer sua persona prejudica muito na hora de direcionar e estabelecer valor para o que se quer passar. Afinal, pretendemos estabelecer valor para nosso conteúdo e, assim, fazer o Marketing Digital entrar em ação.



A segmentação na era digital é de extrema importância para direcionar o foco no leitor. É importante lembrar, também, que valorizar o leitor e gerar engajamento são atitudes fundamentais para se manter no mercado.

Mas antes de fazer a segmentação, é preciso estabelecer uma persona. A persona é uma pessoa semi fictícia, mas com problemas reais, e o objetivo do marketing digital é resolver esses problemas.

Os jornalistas devem fazer uso das metodologias do marketing digital – mais especificamente do marketing de conteúdo – para estabelecer uma persona e em seguida segmentar seu público.

Para ficar mais claro, vou listar alguns aspectos que são importantes para definir uma persona. São eles:

● Com quem sua empresa quer falar?
● Para quem você se imagina escrevendo com mais frequência? Descreva essa pessoa.
● Monte uma lista com características da personalidade dessa pessoa, imagine como pode ser o dia dela.
● Se possível, tente enxergar uma pessoa que sirva de exemplo. Mas cuidado para não se limitar às características dessa pessoa.
● Depois de listar as características, monte um texto descrevendo como pode ser o dia e a personalidade dessa pessoa e esteja sempre com ele a vista. Lembre: essa será a pessoa com quem você vai conversar diariamente.

Depois que a persona for definida é hora de segmentar seu público. Liste pontos específicos das características dessa persona e transforme em pautas.

Tente solucionar os problemas dela olhando os mínimos detalhes de sua vida semi fictícia. A partir daí, você vai estar entregando um conteúdo de qualidade para seus leitores.

Que tal usar personas por editorias?

Agora surge a pergunta: como que danado vou fazer isso com notícias factuais?

Atribuir a metodologia do marketing de conteúdo no texto jornalístico pode ser um pouco complicado no início. Muitas vezes, pela rapidez que o assunto exige mas, com a prática, essas metodologias passam a ser rotina e começam a incorporar o fazer jornalístico.

Escrever para sua persona no jornalismo é construir o texto visando esclarecer os assuntos conforme os interesses dela.

Uma boa jogada é estabelecer uma persona para cada editoria do seu jornal, site ou blog. Tente conhecer cada pessoa que ler cada editoria: quem é a pessoa que ler sobre política? Quem é a pessoa que ler sobre cultura? E assim por diante.

Busque sempre dar prioridade para seu leitor, não se preocupe muito em “escrever bem”, o que importa é que você entregue um conteúdo de qualidade e, sabendo para quem você está escrevendo, isso vem naturalmente.

Persona x Público alvo

Um número maior de pageviews não significa que aquele site está conseguindo cobrir todos os públicos.

Muito pelo contrário, no Marketing Digital atribuir valor, engajar, solucionar os problemas e atingir o coração do leitor gera mais ligação com o público do que pageviews.

Logo, atingir muitas pessoas não é tão interessante quando essas pessoas não se sentem atraídas pelo o que você produz.

Persona está diretamente ligada ao marketing digital, enquanto o público alvo se envolve mais com o ambiente publicitário. Lembrem-se, no marketing digital buscamos agregar valor, já na publicidade…

É importante não ficar preso a ideia de que os jornais cobrem todos os públicos. Os jornais nunca vão conseguir cobrir todos os públicos. O que importa agora é saber com quem falar e atingir ao máximo aquela pessoa.

Afinal de contas: Google ou manchetes?

O google é uma ferramenta que esconde muitas façanhas. Hoje, o que mais cresce no mercado de Marketing Digital é a área de SEO (Search Engine Optimization) – em português, Otimização para Mecanismos de Busca.

O SEO, como já explicado aqui no blog, é um conjunto de técnicas que você aplica em seu site a fim de otimizá-lo para os principais mecanismos de busca, como o Google. Você pode conferir um vídeo explicativo sobre SEO aqui.

Essas técnicas são fundamentais para o crescimento do site no google, o que nós chamamos de ranqueamento. De forma bem resumida, se trata da ordem que o seu site aparece na pesquisa do Google.

O questionamento aqui é quanto ao poder da manchete ao levar o seu leitor ao texto. Será que é realmente importante investir nas manchetes? Será que uma boa revisão de SEO não traria mais efeito – em termos de acessos ao seu texto?

A produção de conteúdo com foco nas regras de SEO, valorizadas pelo Google, impulsionam os acessos ao seu conteúdo – mantendo, dessa forma, seu site nas primeiras posições da pesquisa no Google.

Outra importante estratégia que pode ser usada para se manter nas pesquisas do Google, é a produção de conteúdo Evergreen. No jornalismo, seriam as matérias de pautas frias e as grandes reportagens.

Produzindo esse tipo de conteúdo, você se coloca sempre disponível no Google para ajudar o seu leitor com algum problema. São conteúdos que não vão perder a relevância com o tempo e, consequentemente, atribuir mais valor ao seu site.

E ai, consegui te convencer que você deve fazer amizade com o marketing digital? ?Baixe o ebook de Inbound Marketing