O storytelling é um conceito que vem ajudar as empresas em um de seus grandes desafios: impactar seu público de forma que a marca fique guardada em sua memória e desperte o desejo de consumir o produto comercializado por ela.

Mas o que é storytelling? O post de hoje explica mais sobre essa prática, mostra quais são suas vantagens e como ela pode ser utilizada.

Em um mundo tecnológico, onde todos vivem conectados e estão expostos a informações a todo tempo, é importante pensar em uma estratégia que se destaque em meio à concorrência e marque positivamente o cliente. Continue acompanhando a leitura para saber mais sobre essa prática!

O que é storytelling?

Storytelling é um termo da língua inglesa que significa, basicamente, contar histórias. Essa estratégia, portanto, consiste em transmitir uma mensagem de marketing por meio de uma narrativa fluida e coesa.

Normalmente, esse tipo de contagem de história segue uma jornada padrão, mostrada abaixo. Essas técnicas são usadas não apenas na publicidade, mas também em diversos outros tipos de narrativas, como filmes, clipes, etc. Confira:

  • apresentação do herói;
  • chamado para o desafio;
  • recusa ao chamado;
  • descoberta de um mentor;
  • aceite ao chamado;
  • teste do herói;
  • a batalha final.

Esse método — justamente por fazer o uso de histórias — é muito mais permissivo do que invasivo. Por isso, essa é uma ótima maneira de divulgar a sua marca, ou uma história específica sobre sua marca, para o seu público-alvo, que se sentirá impactado pela narrativa criada.

Trata-se de uma estratégia interessante por um motivo muito simples: o cérebro humano processa histórias com muito mais facilidade do que processa dados numéricos.

Assim, se duas marcas tentam vender o mesmo produto, a que se utiliza de histórias capazes de gerar comoção no consumidor tem mais chances de ser bem sucedida se comparada à empresa que apostou em dados numéricos.

Entretanto, um lembrete importante é ter o devido cuidado de se ater a histórias reais. O público espera se comover, se emocionar e até mesmo se identificar com a história contada. Caso ele venha a se sentir enganado posteriormente, o relacionamento construído com a sua marca pode ir inteiramente por água abaixo.

Quais as vantagens do storytelling?

Como falamos, o storytelling já é uma estratégia adotada por diversas marcas. Quer saber o porquê? Confira agora seis das principais vantagens de investir nesse método para atingir seu público.

1. Tangibilização do produto

A criação de uma narrativa para divulgar algo permite que essa marca ou produto sejam percebidos de maneira mais “natural” na realidade de seu público-alvo. Como assim?

Veja bem, criar uma história e inserir o seu produto nela — mostrando como ele pode ser usado e quais são suas vantagens — é muito mais eficiente do que investir em propagandas caras para exaltar esses atributos e benefícios.

2. Aproximação com o público

Com o storytelling, é possível criar histórias que se encaixem na realidade de seu público-alvo, abordando temas que são relevantes para ele. Com isso, o consumidor se sente compreendido pela empresa e acaba criando um laço com ela, aproximando-se cada vez.

3. Lembrança de marca

A lembrança de marca é um dos indicadores de sucesso mais desejados por empresas e publicitários atualmente. Essa métrica mostra como o público associa uma categoria de produto ou serviço ao seu negócio e o quão rápido isso é feito.

Um exemplo bem simples: refrigerante e Papai Noel. Certamente, uma marca bem conhecida veio à sua cabeça, e isso é resultado de um storytelling desenvolvido ao longo de anos!

4. Atribuição de valor

Esse jogo de associações não é uma vantagem somente para melhorar a lembrança de marca. Também é possível agregar valor à sua empresa por meio do conto de histórias. A produção de um conteúdo rico e envolvente pode ser decisiva durante a tomada de decisão de um consumidor indeciso.

5. Comunicação dinâmica

A propaganda convencional — os anúncios em jornais, revistas, rádio ou TV — ainda têm suas vantagens; entretanto, muitas vezes, ela se torna maçante e faz com que a audiência se disperse. O storytelling, por incluir conceitos e mensagens relevantes na narrativa, é muito dinâmico, o que costuma cada vez mais gerar engajamento.

6. Engajamento

Criar uma história que impacta e/ou traga identificação ao seu público faz com que as pessoas compartilhem essa experiência publicitária com amigos e conhecidos, divulgando sua empresa de maneira orgânica. Além disso, o storytelling comumente é produzido em vídeo, e o audiovisual por si só traz vantagens ao engajamento da marca.

Como o storytelling pode ser usado?

Gostou das vantagens que esse método pode trazer a você e a sua empresa? Agora, confira nossas principais dicas de como se apropriar do storytelling para engajar o seu público e, consequentemente, vender mais.

1. Contextualização do produto

Para criar uma narrativa capaz de transmitir sua mensagem de marketing, é importante saber contextualizar o seu produto ou marca na história, de forma que eles não sejam inseridos de maneira aleatória.

Criar um roteiro no qual o seu produto faça sentido e sua marca se mostre útil é a melhor forma de impactar os clientes e comunicar bem a sua mensagem.

2. Contato com o público

A prática do storytelling tem como um de seus principais objetivos aproximar a marca do cliente. Assim, é extremamente importante conhecer minuciosamente o seu público e o desenvolvimento das personas, que pode ser bastante útil, por permitir que você se comunique utilizando a linguagem e os canais mais adequados.

3. Criação de expectativa

O storytelling pode ser bastante enriquecedor à sua marca. Com uma produção de qualidade, você pode contar histórias por partes e ser capaz de gerar expectativa ao seu público — quase como se o seu conteúdo fosse um novo capítulo da novela.

O ato de contar histórias existe desde que o mundo é mundo. Atualmente, é por meio dessas técnicas que as principais produções audiovisuais prendem seus espectadores cena atrás de cena.

Dessa forma, já era de se esperar que esse método fosse adaptado também pelo marketing em prol da comunicação das marcas, ainda mais nesse cenário em que os consumidores estão cada vez mais exigentes.

Agora que você já sabe o que é storytelling, analise bem o seu público e elabore uma narrativa que faça sentido. Caso ainda tenha dúvidas, entre em contato com a gente pelo nosso site e vamos marcar uma conversa!

Comentários