Cada vez mais as pessoas têm acessado a internet por smartphones e isso muda a lógica das estratégias de marketing digital. Se antes a interface de um site era suficiente para se destacar, hoje a UX (experiência do usuário), engloba diversas competências. Nesse sentido, a pesquisa de voz surgiu como um recurso e já impacta no rankeamento do seu site.

Existem diversos aplicativos, como o Ok Google para Android, que possibilitam uma pessoa pesquisar na internet sem precisar digitar, apenas usando comandos de voz. Apesar de a ferramenta ser mais usada por jovens, há uma tendência da pesquisa por voz ser mais popular. Leia este texto e descubra o impacto dessa inovação no SEO e como otimizar o seu site para isso!

Entenda a influência da pesquisa por voz no rankeamento do seu site

Para oferecer sempre um melhor serviço aos usuários, o Google constantemente pesquisa, desenvolve e atualiza seus algoritmos. Esses robôs são responsáveis em descobrir o que caracteriza um bom resultado, organizando o rankeamento das pesquisas de acordo com esses critérios. Por exemplo: o tempo de carregamento da página ou a qualidade da informação, que é o caso do algoritmo Google Panda.

Com a popularização das pesquisas por voz, a construção das buscas e o uso das palavras-chave se alterou. Também o objetivo da pesquisa: enquanto consultas realizadas em desktops são mais aprofundadas, em pesquisas por voz no smartphone é esperada uma resposta rápida. Sendo assim, para que a sua empresa consiga visibilidade nas buscas orgânicas, é fundamental acompanhar essa tendência.

Trabalhe orientado para a melhor experiência para o usuário

Não só devido ao rankeamento nos mecanismos de busca, é preciso pensar no perfil da audiência que chegará nas suas páginas pelas pesquisas por voz. Uma vez que elas são feitas quase que exclusivamente por dispositivos mobile, é muito importante que você ofereça um design responsivo. Outro ponto importante é a velocidade de carregamento.

Pense em formas de deixar mais intuitiva a navegação pelas páginas do seu site ou blog. Se existe a opção de reservar algum serviço, por exemplo, é importante que o botão fique visível em qualquer formato de tela, sem necessitar da barra de rolagem para a visualização.

Conheça a estrutura predominante em pesquisas de voz

Fazendo uma projeção dessa funcionalidade, é preciso pensar que a forma como nós nos expressamos pela fala é bem diferente da escrita. Dessa forma, a estrutura que os usuários usam para fazer a busca também é diferente. As pesquisas são realizadas em forma de perguntas e o objetivo é resolver um problema instantaneamente.

Os mecanismos de busca foram se aprimorando para entender frases faladas e também termos contextualizados. Então, se alguém pesquisar praias do Rio Grande do Norte e depois pedir para ver hotéis e pousadas, o mecanismo interpretará que a segunda pesquisa tem ligação com a primeira e mostrará opções de hotéis e pousadas disponíveis nas praias do Rio Grande do Norte.

Impulsione negócios locais com a pesquisa de voz

Pensando no tópico anterior, é muito importante que a sua empresa se cadastre no Google Meu Negócio. Procure fornecer o máximo de informações possíveis como telefones de contato, endereço, horário de funcionamento e fotos do local. Para otimizar essa ação, associe palavras-chave do seu site às atrações turísticas locais.

Use ferramentas para oferecer resultados mais relevantes

Como já explicamos, não é apenas uma produção de conteúdo relevante e de alta qualidade para o seu público que será importante para conseguir boas colocações. Uma das ferramentas que sugerimos é o teste de compatibilidade com dispositivos móveis do Google. Você digita o endereço do seu site e descobre se ele está de acordo com o algoritmo Mobile-friendly.

Outro recurso interessante para adaptar seu SEO para a pesquisa por voz é o Answer The Public. Como as pesquisas normalmente são feitas no formato de perguntas, esse site ajuda na escolha das palavras-chave. Basta selecionar o idioma e inserir uma palavra ou termo, que eles sugerem perguntas relativas ao assunto.

Adote estratégias para otimizar sua pesquisa por voz

Como você viu, essa inovação altera o SEO do seu site, devido às novas características de comportamento dos usuários para realizar as pesquisas. Nesse contexto, existem outros aspectos que podem ser trabalhados para melhorar o tráfego. Confira 4 dicas abaixo:

1. Conteúdos que respondam diretamente as dúvidas recorrentes

Se você conhece bem a persona do seu negócio, provavelmente já sabe quais são os maiores problemas e dúvidas que ela enfrenta. Uma vez que a pesquisa por voz tende a ser no formato de perguntas, crie textos respondendo às questões. Explore também as objeções que surgem ao longo do funil de vendas, educando os prospects e potencializando conversões.

2. Palavras-chave de cauda longa

As pesquisas feitas com esse recurso contêm mais palavras do que nas buscas por escrito. Por isso, invista em long tail keywords, ou palavras-chave de cauda longa. Entretanto, ao contrário daquelas que normalmente são sugeridas pelas ferramentas, desenvolva termos falados que sejam derivações das head tail.

3. Naturalidade

Ao produzir seu conteúdo, procure escrever o mais próximo da fala, porém de uma forma natural. Por exemplo, um hotel em Ponta Negra que tem foco em atender famílias com crianças, em vez de usar: “Melhores hotéis para famílias em Ponta Negra”, seria melhor “Quais são os melhores hotéis para famílias com crianças pequenas na praia de Ponta Negra?”.

4. Presença no Featured Snippet

Sabe aquela caixa que aparece como primeiro resultado no Google quando você faz uma pesquisa em formato de pergunta? Ela é a Featured Snippet, também conhecida como posição zero do Google. Para que a sua empresa alcance o Snippets, recebendo um destaque especial na página de resultados, é preciso produzir conteúdos que respondam de forma direta as dúvidas da persona.

Viu como a pesquisa por voz mudou alguns critérios do SEO, aproximando a escrita da maneira como falamos no cotidiano? Para conquistar as melhores posições, pensando nessa tendência, você precisará adaptar a produção de conteúdos e desenvolvimento de palavras-chave para o formato de perguntas. Lembre-se de escrever com naturalidade e sempre ajudando em algum problema da sua persona.

Se você gostou deste artigo e está interessado em promover melhores resultados de marketing para a sua empresa, siga a gente no Facebook, LinkedIn, YouTube, Google+ e Instagram!

Comentários