COMO A AUTOMAÇÃO DE MARKETING PODE MELHORAR A HUMANIZAÇÃO DE MARCAS

A automação de marketing visa simplificar os processos, enquanto a humanização de marcas está focada na personalização do atendimento ao cliente. Entenda como unir as duas estratégias para entregar uma experiência do cliente valiosa.

A automação de marketing e a humanização de marcas parecem termos que não estão relacionados quando expressamos.

E, de fato, cada um tem um significado diferente.

Enquanto uma técnica utiliza estratégias para acelerar e otimizar processos, focando mais nos resultados, a outra está completamente direcionada para a experiência dos usuários criando elos com os clientes para estabelecer contatos que ultrapassem as barreiras do relacionamento corporativo.

E se te contarmos que essas técnicas podem trabalhar juntas? Pois é, ambas são importantes na forma como o cliente percebe a sua empresa ou produto e no aumento da taxa de conversões.

O mais importante é que as estratégias sejam alinhadas e estrategicamente implementadas pensando nas características das suas personas e do seu negócio.

Então, para entender como a automação e a humanização de marcas são essenciais em uma estratégia de marketing digital,  conheça agora como essas duas estratégias são complementares em diferentes abordagens.

O que é automação de marketing?

Como o nome sugere, automação é o processo que é feito para automatizar os mecanismos dentro de uma estratégia de marketing digital. Em resumo, consiste em reunir tecnologias e processos para otimizar as etapas de venda de uma empresa e, portanto, alcançar um número mais representativo em um período de tempo menor.

Atualmente, várias ferramentas permitem criar uma automação de e-mails, automação de comunicação em diferentes canais, otimização de anúncios, chatbots, etc.

O maior diferencial da automação de marketing é que ela permite a escalabilidade da comunicação de forma personalizada.

E é nesse processo de personalização que a humanização de marcas deve estar alinhada.

Humanização de marcas? Você já ouviu falar sobre isso?

Essa tendência tem sido usada em diferentes segmentos e está provando ser cada vez mais eficaz quando se trata de aproximar clientes e marcas.

A idéia é fazer da marca uma figura familiar para falar, se comunicar e se sentir realmente comovido por ela. A estratégia de humanização de marcas vem como um grande triunfo por ser diferente do que estava sendo feito até agora.

É usado como uma maneira de ajudar mecanismos de automação.

Além de mostrar com quem seu consumidor se comunicará, também mostra que cada usuário e cliente são diferentes um do outro.

Então, quando você se comunica com a Maria, você sabe o nome dela, o sobrenome, onde ela mora, quais são suas preferências no momento da compra e você pode utilizar essas informações para estabelecer um diálogo saudável.

A humanização de marcas vem para resolver os problemas de comunicação entre clientes e empresas. A internet mudou para sempre os hábitos de consumo e a partir daí é necessário tratar os consumidores como únicos.

Tudo isso é importante para estabelecer um contato em que os seguidores e clientes da sua marca se sintam seguros sobre as informações que recebem e sobe o tipo de tratamento que terão quando precisarem entrar em contato com a sua empresa.

Como a humanização de marcas e a automação se complementam?

Uma das razões pelas quais essas duas ferramentas têm sido utilizadas com muita frequência no Marketing Digital é que elas facilitaram processos que antes eram extremamente difíceis de serem escalonados ​​e longos.

A união das técnicas permite interações mais pessoais de forma automática, dinâmica e rápida.

E acredite, a personalização é essencial em uma estratégia de marketing digital!

Para que a estratégia funcione crie uma rota para que o usuário seja guiado e direcionado ao resultado final que seu produto ou serviço pode oferecer.

Ao criar, por exemplo, uma sequência de e-mails ou anúncios, determine a linguagem a ser usada com esse tipo de usuário e quais são as próximas etapas como o caminho que vai para o funil de vendas.

E, tenha em mente ao planejar sua estratégia, cada interação e resposta devem ser predefinidas para guiar seu cliente através do funil de vendas.

Todo este processo é feito através da coleta de informações de usuários, interagindo e disponibilizando informações e canais para se comunicar com precisão com seus usuários.

Ferramentas para automação e humanização de marcas

As redes sociais são uma das ferramentas mais fáceis para estabelecer diálogo e contato pessoal. Elas fornecem um ambiente informal devido a suas próprias características e incluem marcas e usuários, de todos os tipos e nichos, no mesmo nível.

É interessante pensar nas redes sociais como uma ferramenta para estabelecer diálogo.

Elas são ótimos para promover conversas informais, mas especialmente para você se tornar um espaço em que seus clientes, seguidores e usuários podem contar quando precisarem.

Se sua empresa está presente em redes sociais como Instagram, Facebook e Whatsapp é necessário criar estratégias para que seus clientes sempre possam entrar em contato e serem direcionados para resolver seus problemas e dúvidas.

Existem ferramentas para você determinar a linguagem a ser usada em sua comunicação, uma delas  é a criação de um representante da marca.

A personalidade da marca ajuda a determinar como será essa abordagem e quais palavras e frases serão usadas no contexto da linguagem da sua marca.

A linguagem é certamente um dos aspectos que devem ser dinâmicos e precisos para seus consumidores, já que a conversa não pode ser sem sentido.

A linguagem determina quais valores de sua marca serão refletidos em suas abordagens e como você deseja que seus clientes realmente a percebam.

Além disso, é muito importante manter uma recorrência e a frequência das respostas na caixa de diálogo, uma vez que seus clientes querem respostas rápidas e efetivas.

Não deixe seus usuários sem resposta pois estas são uma das piores impressões que uma marca pode passar para seus clientes.

Interaja com seus clientes, ofereça ajuda, faça vídeos, mostre seu rosto, participe e se engaje pessoalmente.

Como juntar as duas estratégias?

O objetivo final dessas duas estratégias é o mesmo: gerar valor e tornar a experiência do usuário o mais memorável, pessoal e fluida possível.

A partir dessa premissa, a ideia é estruturar as etapas e ferramentas necessárias para projetar uma estratégia precisa.

Desenvolvendo uma estratégia

Entre todas as possibilidades do Marketing Digital, o que é melhor para o seu negócio? Como seus usuários desejam receber informações, ofertas e promoções?

Existem plataformas específicas para automação de email e outras que envolvem toda a estrutura necessária para uma campanha de Marketing Digital.

Cabe a você decidir o que faz mais sentido para sua empresa e qual delas melhor se adapta às suas necessidades.

Definição de canais de comunicação

Ao escolher canais, é importante considerar onde seu público-alvo está. Tenha foco em uma produção de conteúdo relevante e na linguagem adequada.

O conteúdo é uma das principais matérias-primas no desenvolvimento de uma estratégia de marketing digital.

Com isso, nutre e alimente o funil de vendas. Prepare-os para a compra e eduque-os em relação ao seu serviço e produto.

E, lembre-se mantenha o foco na humanização de marcas da sua empresa.

Com estas duas ferramentas, o seu negócio alcançará vários resultados e maior conversão! Você só precisa começar a praticar tudo o que aprendeu e a planejar uma estratégia focada na humanização de marca da sua empresa.

O objetivo final é entregar o que você prometeu, tornando o valor da sua marca consistente com o que você prega!

humanização de marcas

Comentários
Por Marcelo Rocha

Siga-nos

Quer nos conhecer?

Newsletter

Materiais Gratuitos