Descubra o que está em evidência sobre conteúdo e ferramentas neste ano

Atualmente, com expansão das redes sociais e dos smartphones, a fotografia e os variados recursos visuais têm sido amplamente difundidos, indo muito além do estritamente profissional. Apenas no ano passado, 2,5 bilhões de fotos foram compartilhadas ou armazenadas online, segundo a Deloitte. Desse total, 90% – ou 2,25 bi – foram tiradas com smartphones.

Partindo destes dados e constantes modificações das redes sociais como Instagram e Snapchat, além de suas ferramentas e funcionalidades, vamos falar hoje sobre as principais tendências de recursos visuais para 2017.

A partir da influência da tecnologia e das timelines no conteúdo online, vamos analisar seis tendências que surgiram e outras que devem continuar com força ao longo deste ano para você aplicar no seu conteúdo. Veja:

Os anos 90 estão de volta!

Não apenas na moda, alguns traços visuais desta década estão em alta. Esta geração cresceu e agora ocupa fortemente a internet. Estas pessoas cresceram, abriram negócios, formaram-se e têm um poder de compra que não para de crescer.

Com isso, a nostalgia trouxe para as fotografias as polaroids, fotos com flashs e filtros que lembram a fotografia analógica (filme) – características que dão às imagens uma sensação de narrativa, de momentos que estão sendo contados naquelas fotos. Também ganham destaque as imagens sinceras e espontâneas, que aproximam quem vê da realidade daquele momento registrado.

Emoção e movimento

Como dito no fim do tópico anterior, esta característica nas fotografias tende a causar maior identificação com os consumidores. Isso porque esta geração busca imagens que se afastem daquele ar “perfeito inalcançável” das modelos nos editoriais.

Claro que os editoriais existem há décadas e não é agora que deixarão de existir. Mas as pessoas querem emoções, as pequenas falhas que podem acontecer, a sensação da vida real sendo mostrada. Porém, vale lembrar: além de ação e espontaneidade, essas fotos precisam de uma composição interessante e atraente.

Este é, inclusive, um dos fatores a que se atribui o sucesso tão rápido do Snapchat e, posteriormente, do Instagram Stories. Já que os conteúdos publicados duram apenas 24 horas, usuários não poupam os detalhes de suas rotinas – ou o que os tiram dela!

Recursos visuais desafiando estereótipos

Mesmo discutindo cada vez mais sobre a diversidade sexual, cultural, de gênero, étnica, dentre outras, a fotografia comercial ainda avança timidamente neste ponto. Os estereótipos ainda são muito fortes na comunicação visual, seja nas imagens de marca ou nas diversas mídias e conteúdos.

As fotografias que geram engajamento com as marcas são aquelas que aproximam o consumidor da realidade. Por isso, esses estereótipos devem dar cada vez mais espaço à diversidade que faz parte da vida das pessoas. Imagens de lazer, prática de esportes e ambientes de trabalho que mostrem as diversas pessoas que compõem esses ambientes devem tornar-se mais comuns.

E como mudar isso?

Imagens que fujam desses padrões devem ser cada vez mais constantes na fotografia comercial. Desafiar a forma que homens e mulheres são mostrados nas atividades de casa, no trabalho, nos esportes ou nos relacionamentos é essencial para criar identificação entre sua marca e seu público. Não se engane, ele é mais diverso do que você imagina!

Fotografia com drone

fotos com droneEste recurso é mais frequente em casamentos e fotografando paisagens, mas ainda tem muito a ser explorado. O drone consegue percorrer novos ângulos e perspectivas incomuns de forma prática, diferente de estar em um avião, helicóptero ou no topo de um prédio.

Observar paisagens do cotidiano ou conhecer locais distantes sobrevoando a uma distância que ao mesmo dá uma ampla visão, mas também detalhes da vida lá embaixo é altamente instigante. Cativantes pelo impacto visual e pelos pontos de vista que pode alcançar, fotografia de drone é um potencial a ser explorado.

Faça você mesmo

Atualmente admiramos empreendedores e artistas, mas também objetos personalizados e feitos artesanalmente. Mesmo que a produção em larga escala ainda domine o mercado, pequenos negócios e a ideia do it yourself (faça você mesmo) tem ganhado muitos adeptos.

Na fotografia essa tendência é refletida com imagens que registram o cotidiano de pequenos empreendedores e artesãos. O aumento da procura por essas imagens foi constatado pelo Deposit Photos, um dos maiores bancos de imagens do mundo. Por lá, ao longo de 2016 a busca pela palavra-chave “empreendedores” teve aumento de 124%.

BÔNUS: apostas em vídeo!

Além do aspecto fotográfico, dois recursos visuais de filmagem são significantes para 2017 e devem ser largamente explorados. Trazendo novas perspectivas para os consumidores, o vídeo 360° e vídeos com drone devem crescer exponencialmente ao longo deste ano.

Nada melhor para seu negócio do que mostrar serviços, áreas ou eventos de uma forma diferente. Novas perspectivas, novas formas de olhar para o dia a dia, ou ainda um olhar diferenciado para situações peculiares.

Porque não investir num vídeo marketing diferente dos muitos que já circulam na internet? A Syndacast, empresa asiática líder em marketing de conteúdo, prevê que em 2017 74% do tráfego de internet será consumido por vídeos. Então porque continuar fazendo mais do mesmo? Diferencie-se para ser visto!

Gostou das tendências que trouxemos sobre os recursos visuais para este ano? Este também foi o tema de uma transmissão ao vivo com o fotógrafo Canindé Soares.

Se você não quer perder nossos conteúdos sobre marketing digital, assine nossa newsletter abaixo e curta nossa página no Facebook


 

Comentários