Conheça mais as possibilidades do Facebook Ads e diversifique suas campanhas na maior rede social do mundo

Estar presente no Facebook é a primeira ideia que vem à cabeça de que investem decide investir em marketing digital. Com mais de 1,2 bilhão de usuários, dos quais 90 milhões são brasileiros, investir em Facebook Ads, os anúncios da plataforma, é indispensável.

Sendo o terceiro país com mais usuário na rede social, o Brasil também tem 91,7% das empresas atuando na plataforma. Isso implica uma altíssima concorrência pela atenção dos usuários, ainda mais quando o alcance orgânico das publicações é inferior a 5% dos seguidores. E é aí que se justifica o investimento em anúncios.

Muitos pensam que investir no Facebook é apenas patrocinar posts, mas há diversas possibilidades muito mais abrangentes com objetivos variados.

Para trabalhar nisso é preciso acessar o Facebook Power Editor, onde você vai administrar seus anúncios. Lá é possível criar uma campanha – composta por conjuntos de anúncios, por sua vez são compostos por: anúncios, claro.

Você pode investir em links, imagens, vídeos e gifs, as alternativas que mais podem gerar engajamento com seu anúncio. Também é importante manter a linguagem de acordo com seu público para gerar identificação com a publicação e aumentando as chances de engajamento.

Antes de falar algumas alternativas para melhorar a atuação da sua página no Facebook, vamos ver…

O que são os ads?

Os ads (ou anúncios) são compostos pela parte criativa, que inclui imagem e texto; audiência especificada; e planejamento.

Para estimular os alvos do seu anúncio é importante ter uma parte criativa que chame atenção, com frases curiosas/impactantes e imagens atrativas. Para saber a aparência do seu anúncio considere sua audiência e o objetivo da campanha.

Para delimitar seu público, é possível escolher segmentações demográficas, regionais e de interesses. O Facebook permite, por exemplo, que a partir de determinada cidade você escolha um raio de alcance. Também é possível definir seu público a partir do status de relacionamento, formação profissional ou áreas de interesse. As possibilidades são muitas!

Lembre-se: segmentação é a palavra-chave para um anúncio de sucesso, mas é preciso segmentar corretamente para que o público não fique muito específico ou muito abrangente. E caso você já tenha público salvo, poderá reaproveitá-lo em outras campanhas ou anúncios.

E como é que você vai saber como definir público ou criar o anúncio? A partir do planejamento, que indicará o objetivo da campanha, o tema abordado e o formato do seu conteúdo. Por isso a importância do planejamento: a partir do objetivo inicialmente traçado, faça ajustes caso não esteja alcançando as expectativas e procure melhores resultados.

Agora que você entendeu um pouco o Facebook Ads, vamos ver quatro possibilidades para sua página. Entenda como a rede social pode ser útil para além do patrocínio de postagens, que restringe seu resultado ao engajamento ou, no máximo, mais curtidas na página.

1 – Geração de cadastros

Os anúncios para gerar cadastros (os famosos leads) tornam mais fácil conseguir o contato das pessoas interessadas no seu negócio. Para isso é necessário apenas preencher um formulário simplificado com os dados para você entrar em contato.

fb ads leads

Esta é uma opção para você capturar e trabalhar leads também através da sua página. Conseguindo esses contatos você pode levá-los aos fluxos de automação ou levar ao seu time de vendas.

Sabendo do interesse desses potenciais clientes no seu negócio ou sua área de atuação, sua equipe de marketing pode estreitar o relacionamento e, com boas estratégias, conquistar novos vendedores.

2 – Cliques no site

Esta estratégia visa aumentar as visitas na página da sua empresa. Os formatos são variados, podendo usufruir de links, vídeos, fotos e botões sugerindo ações de navegação no seu site. Veja as possibilidades:

  • Link – com foto ou vídeo direcionando para a sua homepage ou alguma página específica do seu site, para formulários de conversão ou seção de produtos/serviços, por exemplo
  • Carrossel – com até dez imagens e links para partes diferentes do seu site dentro do mesmo anúncio
  • Canvas – foto ou vídeo em formato móvel, envolvente, que permite as marcas contarem histórias, exibir produtos e linkar para o site.

carrossel facebook ads

3 – Conversões no site

Com este formato você otimiza seu anúncio para que as pessoas executem ações específicas no seu site, como se cadastrar para receber um boletim informativo ou comprar um produto.

A partir do link de uma página específica do seu site com o objetivo de realizar alguma conversão (venda, preenchimento de formulário, assinatura de newsletter, por exemplo), você trabalha a criação com foto, vídeo e texto.

Para um acompanhamento completo da sua campanha, você pode acrescentar um botão de ação e o pixel de conversão. Este pixel de conversão, fornecido pelo próprio Facebook, é um código que, quando acrescentado ao seu site, mapeia as ações de quem chega ao site através daquele anúncio e se completaram (ou não) a conversão.

pixel de conversão como complemento do facebook ads fora da rede social

Essa ferramenta é essencial para monitorar o ciclo completo, apontando o sucesso (ou fracasso) da campanha de conversão. Com os dados do pixel de conversão, saiba se as pessoas que clicaram no anúncio estão alcançando o objetivo da campanha.

Neste tipo de anúncio você também pode trabalhar os formatos link, carrossel e canvas.

4 – Vendas de produtos do catálogo

Este é o tipo de anúncio perfeito para promoções e descontos por tempo limitado visando aumentar as compras na sua loja virtual, física ou site.

Porém, antes de criar esse anúncio, é importante criar seu catálogo com produtos e serviços. Com essa vitrine dentro da própria plataforma do Facebook você consegue oferecer ofertas específicas.

Você pode ainda direcionar seu público a partir dos interesses para a área de atuação da sua empresa ou a partir da localização, para que a venda se concretize pessoalmente na sua loja.

Acompanhando resultados

Agora você já entendeu que existem outras alternativas para investir no Facebook Ads e não só o impulsionamento de postagens. Além desses quatro objetivos existem muitos outros para você explorar dentro da plataforma.

Porém, lembre-se que seu planejamento precisa – além do objetivo e da parte criativa – dos indicadores chave de performance, ou KPIs em inglês. As métricas para acompanhar o desempenho das suas campanhas são as mais variadas e, sem estabelecer qual é importante para avaliar sua estratégia, você pode ficar perdido.

São muitos números e gráficos que, juntos, não ajudam a avaliar seus resultados. Por isso, conheça as métricas disponíveis e defina qual melhor se relaciona com sua ação. Assim você garante que está analisando de forma válida o seu trabalho de marketing digital com Facebook Ads.

Essas métricas servem ainda para fazer ajustes nas suas campanhas, caso não estejam atingindo os resultados previstos.

O Facebook costuma orientar um mês para essas mudanças, mas o Google considera uma semana suficiente para avaliar o desempenho. Nossa experiência em Facebook Ads, Instagram Ads e anúncios do Google também apontam que o período de uma semana já fornece informações suficientes para fazer ajustes.

Gostou deste blogpost? Então que tal curtir a página da Carratu para ficar por dentro do marketing digital e compartilhar nossos conteúdos com seus amigos? Você também pode assinar nossa newsletter para receber nossos blogposts direto no seu email.

Comentários